[PaísDeTeatro] A tragédia já era anunciada! O ex-marido de Jessica ramos, 20 anos, vinha a ameaçando de morte há quase um ano.

by - 13:38



Até quando a sociedade viverá com medo, com medo da violência. Até quando pessoas irão morrer inocentes por causa dessa justiça falha? Se podemos chamar de justiça. Que só age, quando age, depois de pessoas de bem serem assassinadas em via pública e dentro de suas residências. 

A população grita por Leis mais severas, contra crápulas, covardes, que batem, agridem, e matam mulheres no Brasil e no mundo. O Caso Jessica, gerou revolta em toda população baiana. Queremos saber:  Esse será mais um caso arquivado, sem solução? Quantas mulheres, guerreiras, mães de família precisarão morrer para a justiça agir com rigor e severidade?. 

Casos como este, ocorrem todos os dias, muitos são calados, com medo de represália. A justiça até disponibiliza  medidas protetoras, porém se o poder cumprisse..... Ai que tá o problema! Essa é a certeza da impunidade. Infelizmente vivemos em um país de teatro, que até ensaia a peça, mas não apresenta ao público. 

A tragédia já era anunciada! Jean Silva, ex-marido de Jessica ramos, 20 anos, vinha a ameaçando de morte há mais de um ano.

Jessica foi assassinada na manhã de terça-feira (7), em uma das vias mais movimentadas de Salvador. Segundo familiares da vítima, o autor do crime é o ex-marido da jovem, Jean Silva Marques. Os dois estava separados há  mais de um ano,  mas, segundo a família da vítima, o acusado não aceitava o fim da relação. A Jovem foi atacada na passarela da Avenida Paralela, quando seguia para o trabalho, na loja de sapatos Comparatto localizada dentro do Shopping Paralela. 


Jéssica deixa um filho de 2 anos, fruto do relacionamento com Jean. O Sepultamento da vítima ocorreu quarta-feira (8), às 14 horas no no cemitério de Portão, marcado por homenagem e indignação de familiares, amigos e clientes da vítima. 

Até quando vamos ter que ver casos como esse, de covardia HUMANA?!

[ Texto: Vinycius Lopes

Fonte: Irmão Baiano / Mantenha as Fontes

You May Also Like

0 comentários