In News

Jovem reencontra a mãe 16 anos após ter sido sequestrada e vendida por ciganos

Jovem reencontra a mãe 16 anos após ter sido sequestrada e vendida por ciganos
Olga Romanovich, de 20 anos foi vendida e sequestrada quando tinha apenas 4 anos de cidade. Ela havia sido sequestrada por um grupo de ciganos e trocada por um par de brincos de ouro. Para reencontrar a família e sua mãe biológica, a jovem contou com apoio da Interpol.  Olga, aos 4 anos, cujo nome de nascimento era Maria Preyda, foi sequestrada da cidade de Soroki, na Moldávia, depois que sua mãe saiu para comprar cigarros. Ela foi sequestrada por ciganos que logo em seguida foi vendida para uma nova família, que hoje reside em Bielorússia. A jovem ficou sobre os cuidados de uma idosa, também cigana, que virou sua avó  adotiva.

Olga aprendeu novos idiomas, como romeno, cigano e russo. Aos 73 anos, quando sua avó adotiva ficou gravemente doente, a garota foi encorajada a procurar pelos pais biológicos.  Em depoimento  contou a jovem “Ela me disse ‘encontre seus pais’. Se eu soubesse alguma coisa sobre sua verdadeira mãe, eu teria te dito.’ 

Apesar do ato criminoso, olga não condena sua família adotiva. “Eu fui amada naquela família de ciganos. Eles me criaram da melhor maneira que puderam, mas existe aquele sentimento de que você não é igual a todos os outros, você é diferente”, contou  ao jornal Komsomolskaya Pravda,  que entrou em contato com a Interpol para achar seus verdadeiros pais. Com ajudas de exames de sangue a jovem conseguiu encontrar com sua família biológica. 

“Eu chorei. Minha mãe está muito doente”, contou Olga sobre o reencontro. Em depoimento a jovem afirma que não culpa a sua mãe que ocorrido e admite está muito ansiosa para reencontrar os seus três irmãos, que também foram adotados por um casal rico quando sua mãe foi incapaz de cuidar deles. 


Fonte: Irmão Baiano

Related Articles

HTM Facebook :