In #Notícias

Saiba as últimas informações desta terça-feira sobre Israel


Postado por B rachôt, Matheus Zandona em seu perfil no facebook,
 com as últimas informações sobre Israel. 

Shalom! O breve cessar fogo proposto pelo Egito, e aceito por Israel, foi rejeitado totalmente pelo Hamás. Durante as seis horas nesta terça, nas quais Israel suspendeu seus ataques, mais de 60 foguetes foram lançados por parte de Gaza. Assim, Israel continua cumprindo sua missão de desmantelar todo o sistema de lançamento, armazenamento e treinamento dos mísseis usados pelo Hamás para atacar a população de Israel. A próxima fase será um ataque maciço via aérea e também terrestre para a destruição de túneis utilizados para suprir o Hamás com material bélico. 

Hoje li uma matéria muito interessante sobre a fortuna que os líderes do Hamás tem feito nos últimos anos, com patrimônios na casa dos “bilhões” de dólares. Pois é, a mesma história do falecido Yasser Arafat se repete com o grupo terrorista Hamás. Enquanto a população sofre sem um governo sólido, sem investimentos na melhoria de vida e com baixíssima renda, os líderes terroristas estão triplicando suas fortunas pessoais. A corrupção se estende desde desvio de dinheiro público, superfaturamento de combustíveis até uma grande máfia do mercado imobiliário de Gaza. 

A mídia ocidental continua ignorando a ideologia e principalmente a metodologia (se é que se pode usar esse substantivo) do Hamás, fazendo de tudo para perpetuar a imagem de um Israel “sanguinário” que mata civis a bel-prazer em Gaza. São centenas de foguetes todos os dias lançados contra Israel, e isso não apenas na última semana. Há quase 10 anos essa situação se repete diariamente, principalmente nas cidades do sul de Israel. Nenhuma agência de notícia jamais se manifestou, nem protestos jamais ocorreram quando famílias se escondiam em abrigos anti-bombas nas cidades de Sderôt, Ahsdôd, Netania, etc. (Aliás, até agora já foram quase 300 mil mortos na guerra civil da Síria. Vocês viram algum protesto nas ruas contra Bassar-Al Assad?) Mas, no momento em que Israel se defende, a mídia desperta de seu sono e ataca fortemente Israel nos noticiários. Qualquer nação do planeta tem o direito de defender seus cidadãos contra o terror. Israel evacuou completamente a faixa de Gaza em 2005, e desde então os ataques aumentaram consideravelmente. Todas as tentativas de acordo são veementemente negadas por parte dos governos terroristas de Gaza e Samaria, e fica claro que, diferentemente de Israel, essas lideranças não desejam conviver junto a um estado judaico. Para eles, a presença de um estado judaico é simplesmente inaceitável. Enquanto prevalecer essa ideologia da intolerância e do terror, uma possibilidade de paz e coexistência fica cada vez mais distante. Continuem orando para que o Eterno proteja e guarde Israel, e para que haja PAZ em Sião. 

Texto: Matheus Zandona

Fonte: Irmão Baiano 

Related Articles

HTM Facebook :