Colar na prova é pecado ?

by - 19:06



Colar na prova é pecado? No periódo em que eu fazia parte do ensino médio eu colava. Não era em todas as matérias, porém não adianta em nada tentar justificar meu erro. Só me restou orar, pedindo perdão a Deus e me dedicar mais aos estudos. Sempre fui bom aluno no colegial, estudioso com ótimas notas, contudo entrei nesta jogada de compartilhar informações com os colegas no momento da prova.

Colar na prova não convêm. Papéis de baixo da perna, dentro das mochilas, lembretes na borracha, contorcionismos para ver a prova do colega, celular ligado.... E tudo com um único intuito: copiar a resposta de uma questão que na hora deu um branco ou que não estudou. Conhecido popularmente como: colar ou pescar, como diz os baianos.

Como havia comentando, as colas aconteciam na fase do colegial, e no início do 2° ano do Ensino Médio eu aceitei ao Senhor Jesus como meu Salvador. Eu continuei pescado com meus colegas. Não tinha o conhecimento da verdade sobre colar. Passava despercebido em meu dia à dia. Até que então percebi que colar na prova pode ser definido como fraude, e fraude é pecado.


No dicionário português a palavra Fraude significa: Ação ou comportamento que, sendo desonesto e ardiloso, tem a intenção de enganar ou ludibriar alguém. De modo a não cumprir determinada obrigação ou dever. Ação de falsificar qualquer coisa (produtos, documentos, marcas etc).

Quando colamos somos considerados fraudulentos porque enganamos. Nos tornamos trambiqueiros na linguagem popular brasileira. Você pode até alegar “Não prejudicará ninguém.”, mas sempre alguém sairá prejudicado porque estaremos trapaceando aqueles que se dedicaram aos estudos, além de infligirmos a constituição.

Para entendermos melhor o por que colar é pecado vamos analisar 2 passagens bíblicas.

1 - Devemos respeitar as autoridades e leis. Em concurso, vestibular, prova, entre outros, existem normas que devem ser respeitadas e seguidas para o bem comum de todos. O próprio Deus aprova. O apóstolo Paulo escreveu aos romanos: Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. Pelo que é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa da ira, mas também por causa da consciência. (Romanos 13:1 e 5)


2 - Por mais inocente que seja colar na prova, este ato configura-se fraude, que também é roubo. Somos aletardos nos mandamentos acerca do furto. A fraude também é um das espécies de roubos, pois  nos aproriamos de forma ilícita daquilo que não é nosso por direito. Então: Não furtarás. (Êxodo 20:15)

Entendemos que pescar também transgride as leis de Deus. Como filhos de Deus devemos vigiar, e convenhamos não precisamos colar, somente de nos dedicar aos estudos para alcançarmos os nossos objetivos de forma honesta e honrosa. E se por algum motivo você tem falta de sabedoria, peça ao Aba (Tiago 1:23). E o que furtava não furte mais (Efésios 4:28).

Para nossa reflexão: Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Filipenses 4:8)


Fonte: Irmão Baiano

You May Also Like

1 comentários