A criança e o reino de Deus

by - 21:29


Chegara os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus? Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles, E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe. (Mateus 18:1-5)

Naquele momento surgiu uma dúvida no coração dos discípulos de Jesus, acredito que começaram uma discussão sobre o assunto, até que perguntaram a Jesus: Quem é maior no reino dos céus? Poderíamos interpretar a pergunta dos discípulos usando as seguintes frases: O maior no reino dos céus seria aquele que tem poder aquisitivo? Aquele que tem poder de influência sobre o povo? Quem fez mais obras na terra?

(Penso que poderíamos traduzir assim.)

Vendo e ouvindo a discussão entre os discípulos, Jesus chama uma criança que estava ali por perto. Acredito que ela observava tudo o que Jesus estava ensinando a multidão. E Jesus tomando-a como exemplo, respondeu: A menos que dei meia-volta e vos torneis como crianças de modo algum irá entrar no reino dos céus.

Agora! Por que Jesus tomou a criança como exemplo? Porque a criança tem o coração puro, humilde, que se arrepende, perdoa e pedi perdão. A criança se alegra com pequenas coisas e maravilhas da vida criadas por Deus. Pulando para versículo 5 Jesus se compara com elas: E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe.

Por que ao recebermos uma criança, recebemos  o exemplo da essência de Jesus? Porque as crianças são modestas e confiantes, não tem espírito competitivo, nem malícia. É submissa ao Pai, assim como Jesus. Resumindo: Elas são as qualidades piedosas da humildade, que não tem preconceito, perdoam e esquecem rapidamente.

Jesus nesta pequena e magnifica passagem destaca a lição que os adultos podem aprender com as crianças: Elas não são apenas humildes, mas se deixam ser ensinadas; absorvem as informações como se fossem esponjas. Devemos ser como elas, pois: "Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus."

Fonte: Irmão Baiano

You May Also Like

0 comentários