In Livro

Holocausto nunca mais!


Ganhei um Box de livros relacionados a primeira e segunda guerra mundial. O colecionador de Lágrimas, e Buscando o sentido da vida do psiquiatra Augusto Cury. 

Um professor especialista em nazismo e II Guerra Mundial começa a ter insônias e pesadelos, como se estivesse vivendo as atrocidades ocorridas durante o Nazismo. Em um ponto de desatino, diz que os alunos são parceiros de Hitler. Sua intenção é provocar a sensibilidade e a curiosidade de seus alunos. Bem quisto por alguns, mas criticado e processado por outros, sua fama coloca os holofotes sobre ele, ainda mais quando um complô nazista parece persiguí-lo. Este romance é sobre um colecionador de lágrimas que, depois de experimentar terríveis perdas e sofrer derrotas inimagináveis, transforma-se num colecionador de esperanças. Ao ler esta obra você acompanhará a vida de um homem que aprendeu a superar o desespero e a dor após viver um dos capítulos mais dramáticos da história da humanidade. O professor Júlio Verne, um célebre intelectual de seu tempo, vive asfixiado por rotina, fama e conforto. Sua vida não tem um sentido existencial nobre. É então que ele descobre a 'lei vital da psiquiatria/psicologia' - uma pessoa só é verdadeiramente feliz quando procura irrigar a felicidade dos outros e promover seu bem estar. Assim, em busca de um sentido existencial, o professor aceita participar do inédito e incrível projeto tecnológico de viajar no tempo. Seu objetivo - impedir que a Segunda Guerra Mundial aconteça e varrer das páginas da História as piores atrocidades já cometidas pelos homens. -  Um pouco do Prefácio 


Minha Critica- No Box Augusto desvendam a mente doentia de um dos maiores lideres sociopatas que o mundo já assistiu e aplaudiu no teatro da sociedade humana. O nome do ator que contracenou no teatro da construção/destruição da humanidade chama-se: Adolf Hitler

Hitler conseguiu manobrar uma sociedade em peso, culta de grandes pensadores, nas palmas das mãos. Ele utilizou uma técnica sofisticadíssima, usadas (ainda maquiada) por muitos  líderes políticos e religiosos em nosso século, de manipulação da " emoção "  para se agigantar no inconsciente coletivo de uma sociedade. Ao lermos estes dois livros destrinchando o nascimento e história do nazismo ficamos perplexos com o poder que um sociopata pode conquistar dentro da sociedade, e com o seu brutal magnetismo capaz de influenciar pessoas a cometerem atrocidades com seu próximo. Somos despertados a fazer uma reflexão sobre todos ao nosso redor, e a não cometermos os mesmo erros cometidos na Alemanha de 1939-1945, em nosso século. 

Foram obrigados a participarem do enredo desta triste  história Judeus, Eslavos, Marxistas, Homossexuais, ciganos, maçons..... Segundo Augusto está obra é totalmente dedicada as vitimas do Holocaustos: Em especial às crianças, que deveriam ser tão livres no jardim da existência quanto as borboletas nos bosques floridos, mas infelizmente foram cruel e impiedosamente ceifadas.  - Cury

Para maior compreensão dos leitores, Augusto Cury escreveu um romance em meio a segunda guerra mundial, para despertar o interesse não apenas de adultos, como também de jovens expandindo sua cultura e intelecto sobre essa tema fundamental da história. 

Será que Julio Verne irá conseguir varrer das páginas da história as piores atrocidades já cometidas pelos homens ? Vale a pena ler estas belas obras. 

Fonte: Irmão Baiano

Related Articles

HTM Facebook :