In Mensagem

Conhecendo a Cristo



O Apóstolo Paulo é um dos apóstolos que escreveu diversos e muitos livros na bíblia. Paulo, que antes era chamado 'Saulo' tornou-se conhecido por sua história de conversão. E hoje vamos comentar sobre um dentro os livros  escrito por ele, a carta aos Filipenses. 

A partir do capítulo 3, versos 10 de Felipenses o apóstolo Paulo declarou:

Eu quero conhecer a Cristo, e o poder da sua ressurreição, e a participação dos seus sofrimentos, tonando-me como Ele conforme a  sua morte. Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos. Não que eu já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também chamado por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. (Filipenses 3:10-14)

O apóstolo Paulo definiu padrões e marcas na vida de um verdadeiro Cristão. Ele declarou: " Eu quero conhecer a Cristo.... " Em outras palavras Paulo quis dizer: "Eu quero ser íntimo de Jesus, conhecer mais dEle, ser amigo dEle, eu quero andar com Ele." Prosseguindo com o versículo Paulo continua declarando que quer conhecer " o Poder da ressurreição de Cristo, e a participação dos seus sofrimentos.", traduzindo o apóstolo gostaria de sentir a presença e o poder do Espírito Santo de Deus que ressuscitou Jesus dentro os mortos. O mesmo poder que ressuscitou Lázaro, que curou enfermos e  libertou endemoniados. Paulo gostaria de viver e ver o sobrenatural de Deus em sua vida. E finalizando o versículo com a grande e impactante frase "Participação dos sofrimentos de Cristo".

Ouvimos que o evangelho não tem nada haver com o sofrimento. Que estamos destinados a uma vida de vitória, de glória, e excelência. Sim estamos! Estamos destinados para todas essas coisas, mas para conquista-las iremos sofrer, querendo ou não, gostando ou não. 

Jesus declarou: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.   ( Lucas 9:23 )

O sofrimento que o apóstolo Paulo descreveu no livro de Felipenses, como uma das marcas na vida de uma verdadeiro Cristão foi esse: "Negar a si mesmo". Negar a sua carne, os prazeres do mundo, os seus convites, para fazer a vontade de Jesus e segui-lo. 

É impossível ser um cristão, denomina-se servo de Jesus, quando não nos interessamos em querer conhecer mais de Cristo, do Espírito Santo de Deus que está a nossa disposição, e negarmos a nossa própria vontade. 

Ainda no livro de Filipenses Paulo faz uma das declarações mais fortes, creio eu, de todas as suas cartas. Ele diz: "Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo.  Cujo fim é a perdição; " ( 3, 18-19 ). 

E muitos, não só no Brasil, porém por todo mundo dentro de nossas denominações ou congregações fazem parte desta triste estatística, daqueles que não tem sede e fome de Deus. Não tem sede e fome da palavra de Deus. Não tem sede e fome de conhecer e conversar com o doce Espírito do Senhor. Não tem sede e fome de falar de Deus e compartilhar da cruz de Cristo. E Paulo fala que estes são estão marcados, infelizmente, pela perdição. 


Hoje podemos está na categoria daqueles que buscam conhecer a Cristo, porém também podemos está na categoria daqueles que não querem participar do sofrimento de Cristo. E se estivermos na última e trágica categoria em que o apóstolo descreve chorando, é tempo de tomarmos uma decisão para nos colocar na posição do cujo fim não é a perdição e sim a ressurreição dentre os mortos. 

Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a sua vida por minha causa, a encontrará . - Jesus Cristo (Mateus 16:25)


Fonte: Irmão Baiano

Related Articles

HTM Facebook :