“O Evangelho é vida, não é negócio. Deus procura adorador, e não sócio.”

by - 18:23




‘Pequenas igrejas, grandes negócios’. Este é o nome que deveria ser dado para alguns programas de TV que se dizem anunciantes do evangelho de Cristo.

A capacidade de se corromper do ser humano é incrível, mesmo que envolva o que deveria ser benção de Deus em sua vida, pois infelizmente há uma busca incessante de interesses pessoais por parte de algumas lideranças, ressalto as que estão na mídia.
Pergunto: _ Por que em alguns programas vemos mais propaganda de igrejas, do que a legítima pregação do Evangelho?

Agem como se o poder de Deus fosse um produto e as igrejas um “hipermercado espiritual”.
Pergunto novamente: _ Qual será o verdadeiro interesse de alguns ministérios que “espalham” suas filiais de esquina a esquina? Qual o verdadeiro interesse de quem compra horários e mais horários em diferentes emissoras de TV, exibindo única e exclusivamente a imagem da liderança, como se tal, fosse “o grande portador do poder dos céus”? Por que o interesse em pagar mais por um horário que pertencia a outro ministério, tirando do ar quem um dia o apoiou? (O que por outro lado não surpreende, pois ambas as lideranças possuem tipos de postura semelhantes em determinados momentos).

É nítida a “disputa por território”. Tão nítida quanto os erros de português em minha fala e escrita. Porém é mais fácil criticar os erros de português do Juninho do que fazer uma análise minuciosa dessa comercialização do evangelho.

Quem separa o joio do trigo é Deus, mas Jesus tem levantado seus profetas nestes últimos dias para denunciar as estratégias de satanás, que tem levado o engano para muitas vidas, usando aqueles que deveria dar lugar ao Espírito de Deus e não a demônios.

É como está escrito: “Meu povo perece por falta de conhecimento” Oséias 4:6.
E esse conhecimento não se refere somente à Bíblia, mas inclui o discernimento espiritual.
Quem se achega ao Pai se torna íntimo dele, conhece seus mistérios, ganha novos dons, além da visão de águia, que nos permite enxergar de longe as tramóias de Lúcifer, que está usando o coração corrompido de algumas lideranças.

Escrito pelo Pastor Juninho Lutero.

You May Also Like

0 comentários