In #ACrítica

Aborte o aborto


Não é de hoje que o tema ABORTO é discutido pela sociedade. Uns são a favor, e outros são contra. Cada um tenta sustentar a sua opinião e dizer qual o melhor caminho para chegar no valor do X, e resolver toda questão. Criminalizar quem pratica  ou descriminalizar e liberar o aborto no Brasil ? Vale ressaltar que o aborto já é permitido por lei em caso de estrupo ou risco de morte.


Aqueles que lutam pela liberação do aborto sustentam principalmente o direito de escolha "Meu corpo, minhas regras", o ser que está sendo gerando em determinado momento não pode ser considerado vida e a diminuição do índice de criminalidade. Será que eles tem um fundo de razão para lutar pela liberação do aborto ? NÃO MESMO. 

Nesta semana saiu a noticia que a primeira turma do Supremo tribunal federal decidiu que abortar até os primeiros 3 meses de gestação não é crime. Não é uma decisão geral, fica a critério de cada tribunal. A decisão foi somente em um caso específico, porém abre uma brecha para outros tribunais.


Os argumentos sustentados por aqueles que aprovam a liberação do aborto ferem a constituição e as escrituras sagradas. Eu até concordo com a causa das mulheres acerca do seu corpo, que existe o direito de liberdade, apesar de não aprovar alguns pequenos pontos nesta luta, que poderiam ser revistos, porém o que se tornou grito "Meu corpo, minhas regras" está sendo por muitos ( mulheres e homens) interpretado e usado de forma errônea para o seu prazer.

Se o corpo é seu você tem a total liberdade, mesmo que eu não aprove em certos pontos como no suicídio, de fazer o que quiser, seja colocar um piercing, tatuagem, plática, tonalizar ou raspar o cabelo, etc.. porém O FETO não é extensão do corpo. O feto não é membro do corpo como os braços e pernas são. Não podemos se quer declarar "Meu corpo, minhas regras" quando se trata da vida de outro ser humano. Se temos direito e liberdade para viver, os outros também tem. Você não acha ? É muito fácil ser a favor do aborto quando o individuo já nasceu.

O Aborto não pode ser liberado, pois permite que decidamos sobre a vida de outro ser humano, em viver ou não, e isso é um homicídio segundo a nossa constituição no Art. 5º. Torna-se então o aborto em homicídio, sendo doloso qualificado, já que a nossa própria constituição assegura o direito à vida do nascituro e é inviolável, sem distinção de qualquer natureza.

Segundo o artigo 121, p. 1-2 do Código Penal Brasileiro o homicídio doloso é quando uma pessoa mata outra intencionalmente. Este tipo de homicídio pode ser classificado como de dolo direto, ou seja, quando o indivíduo realmente deseja matar outra pessoa. Ainda segundo constituição brasileira os direitos do nascituro é dado desde a concepção. O Art 124 à 126 criminaliza o aborto, exceto se necessário em causa de risco de vida da gestante e estrupo, declarado no Art 128.

O aborto não pode ser liberado, pois fere as escrituras sagradas que em Êxodo 20:13 declara: Não matarás. O ser humano não tem o direito de decidir sobre a vida de outro, somente aquele que o criou (Gênesis 1:26-27). A bíblia sagrada relata que nos tornamos seres viventes porque somos agraciados com o folego de vida (Gênesis 2:7). Então somente aquele que nos deu o folego pode retirá-lo de nossa vida. O Assassinato é algo reprovado, nas escrituras temos o exemplo claro de Caim que matou seu irmão Abel (Gênesis 4:8-11).


O Aborto não pode ser liberado, pois no momento da concepção uma vida está em formação, se desenvolvendo no útero. 8 dias depois da concepção o embrião é implantado na parede uterina, então dar-se o desenvolvimento do cérebro do futuro bebê. Com 24 dias o embrião já tem coração. Acompanhe mais sobre a concepção de um bebê, clicando aqui.


O aborto não pode ser liberado, pois querem fazer uma varredura nas classes mais baixas. Ou melhor, querem exterminar a "pobreza", usando do argumento de diminuir o índice de criminalidade. Com toda certeza Hitler concordaria com isto. Gostaria de saber desde quando o sinônimo de pobre mudou para criminoso ? Este argumento não tem fundamento, pois a maioria da população brasileira é pobre e ela não se tornou criminosa. Verdadeiramente querem fazer uma limpeza social. Criminalidade não pode ser ligada a classe, mas ao mau caráter.


Esta foi a minha opinião e argumentos pelo qual o aborto não pode ser liberado, pois o aborto é pena de morte para quem não cometeu crime algum e o direito a vida é maior do que o direito de escolha meu e seu.


Fonte: Irmão Baiano

Para você ler